News

quinta-feira, 14 de março de 2019

Divulgação: A MULHER QUE CORREU ATRÁS DO VENTO, de João Tordo, chega às livrarias no dia 19 de Março









A MULHER QUE CORREU ATRÁS DO VENTO

Quatro mulheres. Três cidades. Um século. E uma poderosa história 
de amor e de perda a uni-las.

 APRESENTAÇÃO: 27 de Março, na Livraria Ler Devagar, às 18h30, com a presença de Cristina Branco e da sua banda.


Sobre o livro:

1892, Baviera. Lisbeth Lorentz, uma professora de piano, apaixona-se por um aluno de treze anos que sofre de autismo. Ao descobrir que ele é um prodígio, instiga-o a compor um concerto durante as aulas e, um dia, sem explicação, fá-lo desaparecer.

1991, Lisboa. Beatriz, uma estudante universitária — que sonha com a mãe falecida —, envolve-se com o autor d’A História do Silêncio, um romance sobre Lisbeth Lorentz. 
Ao mesmo tempo, enquanto voluntária num abrigo para mendigos, Beatriz conhece Lia, uma adolescente com um passado incógnito e um presente destruído. 

1973, Londres. Graça Boyard, portuguesa, dá à luz a primeira e única filha. Fugida de Lisboa para escapar à tirania do pai e à mordaça da ditadura, regressa à capital após a Revolução, tornando-se uma actriz de renome — e abandonando a filha ainda criança.


2015, Lisboa. No consultório de uma terapeuta, Lia Boyard desfia a sua história, dos anos de mendicidade ao momento em que decide procurar a mãe. É aqui que começam a unir-se as pontas da história de quatro mulheres, que atravessam um século e diferentes geografias, unidas por uma força que transcende a própria vida.


Um livro a quatro vozes sobre o poder do amor e o vazio da perda, que guarda para o final uma revelação chocante, a reviravolta que faz deste romance de João Tordo uma narrativa magnética.


Sobre o autor:

João Tordo nasceu em Lisboa em 1975. Publicou o primeiro romance em 2004. Em 2009 venceu o Prémio Literário José Saramago, pelo romance As três vidas, e em 2011 foi finalista do Prémio Portugal Telecom. Foi também finalista do Prémio Melhor Livro de Ficção Narrativa da Sociedade Portuguesa de Autores (2011, 2015) e do Prémio Literário Fernando Namora (2011, 2012, 2015, 2016), bem como da 6.ª edição do Prémio Literário Europeu.

Os seus livros estão publicados em vários países, incluindo França, Itália, Alemanha, Brasil, Hungria, Espanha, Argentina, México e Uruguai.

Em 2018, a sua obra Ensina-me a voar sobre os telhados, que se seguiu à «Trilogia dos lugares sem nome», foi um êxito da crítica e do público. 
A mulher que correu atrás do vento é o seu décimo segundo romance.








Sem comentários:

Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *

Arquivo do blogue